A Era dos Inúteis

Em 2050 surgirá uma nova classe de pessoas no mundo.


Segundo Yuval Noah Harari, professor da Universidade Hebraica de Jerusalém e autor do livro Sapiens – Uma Breve História da Humanidade o cenário para a metade do século está desenhado com um grupo relevante de pessoas que não estarão, apenas, desempregadas - Elas não serão empregáveis. Em artigo publicado no The Guardian, intitulado O Significado da Vida em um Mundo sem Trabalho ele discorre sobre este tema.


Tudo começa por conta da evolução tecnológica e o avanço da inteligência artificial que fará muitas funções serem extintas e várias pessoas não conseguirão se adaptar às novas que serão criadas.



Ao me deparar com esta lógica proposta por Harari, faço algumas reflexões sobre o tema reunindo o que tenho percebido na prática do meu trabalho e penso que pode ter fundamento.

É, terrivelmente verdade a dificuldade das pessoas na adaptação às novas realidades mesmo que elas estejam escancaradas no dia-a-dia. Parece que não enxergam os benefícios da evolução e ficam enraizadas em conceitos de outrora. O mais interessante é que se beneficiam da evolução na medicina (a imunização de bebês, por exemplo, nos primeiros anos de vida garante vida mais saudável), por exemplo. Se beneficiam, também, da facilidade de comunicação pelos aplicativos e todas as outras coisas que se pode lembrar agora.

Mas, quando se fala de trabalho, a rejeição é grande.

O autor ainda responde ao questionamento: "então o que estas pessoas farão e do que se ocuparão?". Segundo ele, a humanidade já tem uma parcela de pessoas que nada(?) fazem o dia inteiro. Ele cita os judeus ortodoxos, como exemplo. Os homens passam a vida toda estudando as escrituras e promovendo o evangelho e se sustentam com subsídios do governo e salário do trabalho das esposas.


Existe um projeto mundial de Renda Básica Universal que está embasada na premissa de que os governos devem garantir a mínima dignidade à população, sem contrapartida. Tomas Moore, em sua obra "Utopia" (de 1516) já tinha proposto o conceito e vários países estão interessados no assunto.


Esta, talvez, seja a hora que preparar o bolso mesmo.


É certo que viveremos dias bem diferentes nas próximas décadas, mas eu não gostaria de viver sem produzir nada, de forma quase miserável e sem perspectiva. Por isso, estou aqui escrevendo para você, como forma de contribuição.


See you!





12 visualizações

@1nkBrasil 2015 - 2020

1nk Brasil - Única Brasil Serviços Digitais

whatsapp-logo-icone.png